tratamento-lipedema-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas

Qual o melhor tratamento para Lipedema?

O Lipedema é uma doença crônica e progressiva do tecido adiposo. As mulheres que têm essa enfermidade apresentam queixas de pernas gordas, hematomas com facilidade, muita celulite e dores nos membros inferiores. Ao contrário da obesidade, a gordura do Lipedema não diminui com dieta e atividade física e, por isso, muitas mulheres ficam desacreditadas com o tratamento. Contudo, todas as pacientes melhoram com o tratamento clínico, embora o resultado varie de mulher para mulher. Qual o tratamento para Lipedema?

gordura-abdominal-doenca-cardiovascular-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sp-campinas

Gordura abdominal aumenta o risco de doença cardiovascular

Barriga de cerveja, pochete, estepe, panceps… Não importa o nome ou o apelido, a quantidade de gordura na barriga (que denomina-se gordura visceral) representa uma ameaça à saúde cardiovascular. Embora as mulheres tenham uma predisposição genética para ter menos gordura abdominal que os homens, quando elas apresentam esta condição, os riscos de doença cardiovascular ficam mais acentuados.

pernas-gordas-celulite-lipedema-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sp-campinas

Pernas gordas ou com muita celulite? Você pode ter lipedema!

O lipedema é um distúrbio crônico caracterizado pelo aumento simétrico do tecido gorduroso nas pernas, também podendo acometer os braços, é doloroso ao toque, mas poupa mãos, pés e tronco. Estima-se que 11% das mulheres têm lipedema. No entanto, é uma doença subdiagnosticada e pouco investigada, apesar de causar um impacto psicológico imenso. Muitas pacientes se sentem rejeitadas pelos médicos, escutam que é normal, que é de família ou que estão obesas.

melatonina-enxaqueca-dor-de-cabeca-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sp-campinas

Melatonina ajuda a evitar enxaqueca?

O uso de melatonina para transtornos de dores de cabeça é um assunto discutido há décadas. Ao longo dos anos, várias pesquisas sugiram sobre a importância desse hormônio para uma variedade de tipos, incluindo enxaqueca, cefaleia em salva e tensional. Uma das pistas indica que os níveis de melatonina são alterados em pacientes que sofrem de algumas dores de cabeça.

tratamento-lipedema-dr-daniel-benitti-cirurgiao-vascular-sao-paulo-campinas

Qual a melhor dieta para tratar o Lipedema?

Se você tem Lipedema, uma dieta anti-inflamatória pode ter um efeito muito positivo para o seu dia-a dia, melhorando os sintomas e a sua qualidade de vida. Além de melhorar a dor e o desconforto causados pelo Lipedema, a dieta anti-inflamatória pode ajudar a controlar dores crônicas como a fibromialgia, manter os níveis de insulina e colesterol estáveis e reduzir a inflamação com um todo.