maleficios-refrigerante-diet-ou-zero-lipedema-dr-daniel-benitti

Você toma refrigerante diet ou zero? Sabia que isso não te ajuda a perder peso e ainda piora o Lipedema?

5/5 - (1 vote)

 

Malefícios do refrigerante diet ou zero para a saúde e para o Lipedema.

O corpo reage a certos alimentos não nutritivos, incluindo os adoçantes artificiais dos refrigerantes diet, de maneiras que podem realmente prejudicar a saúde.

 

Você vai ao supermercado ou ao restaurante e compra um refrigerante diet ou zero porque você sabe que eles não têm calorias ou têm menos. No entanto, consumir refrigerante diet pode oferecer uma redução de calorias a curto prazo, mas o seu corpo não será enganado por muito tempo. Estudos sugerem que o seu corpo reage a certos alimentos não nutritivos, incluindo os adoçantes artificiais dos refrigerantes diet, de maneiras que podem realmente prejudicar a sua saúde.

Algumas pesquisas sugerem que o cérebro reage aos adoçantes artificiais da mesma forma que reage aos doces açucarados. Ingeri-los com frequência pode resultar em um desejo maior por alimentos com alto teor calórico, como guloseimas açucaradas, colocando você em maior risco de ganho de peso e ingestão excessiva de calorias entre as refeições.

Outro estudo descobriu que indivíduos com sobrepeso que mudaram para refrigerante diet eram mais propensos a consumir mais calorias em alimentos do que indivíduos com sobrepeso que bebiam refrigerante regular. Aqueles que beberam refrigerante diet ainda tinham um IMC mais alto do que o grupo controle.

O cérebro normalmente associa “doce” a calorias. Do ponto de vista fisiológico, isso é uma coisa boa. Esse reflexo leva o corpo a liberar insulina como acompanhante do açúcar para as células para criar combustível. No passado, as pessoas presumiam que esse processo não poderia ocorrer quando consumíamos adoçantes artificiais porque as calorias não seguem o sabor doce. Mas, um estudo descobriu que o processo poderia muito bem acontecer.

No estudo, os indivíduos que consumiram um adoçante artificial específico (sucralose) tiveram aumentos nos níveis de insulina e glicose no sangue. Aumentos frequentes na insulina têm sido associados à resistência à insulina e a um risco aumentado de diabetes tipo 2.

Inclusive, algumas pesquisas chegaram a associar refrigerantes adoçados artificialmente com maior risco de derrame!

“Os refrigerantes diet, light e zero também apresentam uma alta concentração de sódio. Isso piora muito a inflamação do Lipedema. Provavelmente, este é o motivo também do risco maior de derrame. O ideal é não consumir nenhum tipo de refrigerante e sim aumentar a ingesta de água, que ajuda a manter a pessoa hidratada e fluidifica a inflamação, permitindo a sua eliminação do corpo de forma mais efetiva. Temos de mudar esses hábitos alimentares que se instauraram no mundo nos últimos 30 anos, pois as consequência estão sendo uma piora global da inflamação”, alerta o Dr. Daniel Benitti, cirurgião vascular especialista em Lipedema que atende em São Paulo, Campinas e a distância.

Dicas alimentares que ajudam a combater a inflamação e o lipedema

Além disso tudo, algumas pesquisas sugerem que aqueles que consomem refrigerante diet têm maior atividade na área do cérebro associada ao desejo de consumir alimentos ricos em gordura e açúcar. Então, aqueles que bebem refrigerante diet parecem alterar o centro de recompensa sensível ao doce do cérebro. Isso significa que esse tipo de produto pode alterar potencialmente a forma como o cérebro reage aos desejos por alimentos com alto teor calórico.

Abandonar um hábito nunca é fácil, mas listamos diversos motivos que irão te ajudar a eliminar refrigerante diet ou zero da sua dieta, pois, certamente, isso terá efeitos profundos no seu peso e na sua saúde.

LEIA TAMBÉM: 5 alimentos que inflamam e devem ser evitados

LEIA TAMBÉM: Qual o melhor tratamento para Lipedema?

Para consulta e agendamento com o Dr. Daniel Benitti em Campinas, ligue para (19) 3233-4123 ou (19) 3233-7911.

Para consultas com o Dr. Daniel Benitti em São Paulo, ligue para (11) 3081-6851.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail:

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.